Descomplique… ser feliz é simples

 

Uma piada.

 

Um professor de filosofia deu um exame de uma questão final, após um semestre de lidar com temas variados e complexos.

 

Todos já estavam estavam sentados e prontos, nervosos e ansiosos quando o professor pegou sua cadeira, jogou sobre a mesa e escreveu uma placa:

 

“Usando tudo o que aprendemos neste semestre, provam que esta cadeira não existe.”

 

Dedos voaram,lápis e borrachas a todo vapor, notebooks foram preenchidos de forma furiosa. Alguns alunos escreveram mais de 30 páginas em uma hora tentando refutar a existência da cadeira. Um membro da classe no entanto, conseguiu terminar em menos de um minuto.

 

Semanas depois, quando as notas foram postadas, um colega de sala perguntou como ele poderia ter obtido um 10, sendo tinha escrito quase nada.

 

Sua resposta consistiu em duas palavras: “Que cadeira?”

 

O que você está fazendo da sua vida? Não complique…

 

Ser feliz é simples.

 

Desde o nascimento da filosofia, o pensamento ocidental têm se preocupado com a origem da felicidade.

 

Um dos primeiros a fazer a pergunta “o que é felicidade?” foi Aristóteles, que, de uma maneira típica de filósofos, antes de fornecer uma resposta, insistiu em fazer uma distinção entre duas perguntas.

 

Sua primeira pergunta foi o que significava a palavra ‘felicidade’… sua origem é grega: eudaimonia.

 

Sua segunda pergunta foi onde a felicidade pode ser encontrada, ou seja, o que é que nos faz verdadeiramente felizes.

 

Para ele era inútil tentar responder à segunda questão, sem ter questionado a primeira.

 

Segundo o filósofo Epicuro um dos maiores prazeres da vida encontrava-se na amizade.

 

Entende que bons amigos são relativamente fáceis de se obter, e contribui para um fluxo quase infinito de prazer.

 

Uma grande mansão cheia de luxos, mas vazia de amizade traria menos prazer do que uma pequena casa que é compartilhada com amigos de verdade.

 

Ser feliz para viver uma vida simples, buscando experiências que proporcionem prazer (este entendido como ausência da dor e sem excessos , visando a virtude como guia).

 

Recordo-me neste momento de Stephen R. Covey em Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes, quando faz a distinção entre a Ética da Personalidade (pós Primeira Guerra Mundial), onde a visão básica do sucesso está na personalidade, ou seja, na imagem pública, nas atitudes e nos comportamentos, é uma ética da habilidade e das técnicas que lubrificam o processo de interação humana.

 

Do outro lado Ética do Caráter (150 anos atrás), partindo do pressuposto os princípios são básicos para uma vida proveitosa, o sucesso e a felicidade acontece quando o indivíduo integra-se a estes princípios.

 

A felicidade onde está? Ela está dentro (ética do caráter) e não fora (ética da personalidade) dos indivíduos.

 

E desatentos somos… insistimos em fundamentar a existência nas aparências, levando-nos para as decepções e frustações.

 

Ser feliz significa vivenciar o momomento presente e ser capaz de projetar-se no futuro. Senão fizermos este exercício tudo ficará efêmero.

 

O que podemos afirmar depois destas considerações: SER FELIZ É SIMPLES, nós homo sapiens, exageramos em nossa racionalidade, a confundimos com o puro exercício da razão, esquecemos que somos também homo demens (Edgar Morin).

 

Vivemos no labirinto da razão e nos deparamos com o mundo ainda desconhecido dos afetos, da loucura e paixão pela vida, que para sorrir afasta-se da sapiência.

 

Todo problema está no equilíbrio sapiens e demens. A verdadeira felicidade encontra-se no cotidiano, não acima da razão e distante da emoção. O equilíbio é a palavra chave para vivenciarmos a verdadeira felicidade.

 

Um filósofo que deixou muito claro esta relação foi Friedrich Wilhelm Nietzsche. Nele, encontramos o ideal de ser humano entre Apolo (deus da beleza, harmonia, equiíbrio, ordem) e Dionísio (deus do vinho, alegria, paixão, caos). Somente Apolo, correremos o risco de não sorrir para a vida. Apenas Dionísio, viveremos o impulso desordenado.

 

A vocês amigos  leitores … sejam felizes!!!!!!!!!!! Sempre!!!!!

Master Coach Francisco Renaldo Costa

Gostou do nosso artigo? Compartilhe!

Relacionados

Tags